Google+ Followers

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Livros Publicados

Livros Publicados



Alma Assassina (Esgotado)
Editora:CBJE
Ano:2013
Páginas:150
Tipo:impresso
I.S.B.N.:9788541302517
Categoria:Literatura - Romance
Status:Publicado no Site do Escritor e na vitrine do Recanto das Letras
Preço:R$ 25,00
Autor(es): Antonio C Almeida

Sinopse:
Em um futuro próximo Everton vive um dilema. Sabendo que sua mulher o traíra procurou segui-la e resolver o caso. Entretanto ele não sabia que toda a sua história estava ligada a uma misteriosa trama que se lançara além-vida.


Caminhos do Destino (Esgotado)
Editora:Multifoco
Ano:2011
Páginas:120
Tipo:impresso
I.S.B.N.:978-85-7961-456-7
Categoria:Literatura - Contos
Status:Publicado no Site do Escritor e na vitrine do Recanto das Letras
Preço:R$ 30,00
Autor(es): Antonio C Almeida

Sinopse:
O relacionamento na verdade é um mistério. Escrever sobre eles é um exercício maravilhoso, considerando as inúmeras possibilidades. A vida de casal, na verdade, é uma construção que se fortalece a cada dia, cada segundo onde o conhecimento torna as palavras de um, os atos do outro.
Este livro tem como proposta levar aos leitores algumas situações do convívio de casais e termina com alguns contos sobre a vida e o viver. Boa leitura!



Um Toque No Coração
Editora:CBJE
Ano:2014
Páginas:50
Tipo:impresso
I.S.B.N.:978-85-413-0452-8
Categoria:Literatura - Poesia
Status:Publicado no Site do Escritor e na vitrine do Recanto das Letras
Preço:R$ 10,00
Autor(es): Antonio C Almeida

Sinopse:
A partir de Poesias bem construídas o autor passa belas mensagens das inconstâncias da vida. Transportando o leitor para um universo de grandes valores.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014



Existe um deserto dentro de mim,
No horizonte de meus pesadelos a paz,
No final de meus sonhos riquezas.
Mas a travessia é longa,
E no longo percurso deste curso da vida que devo seguir discursos,
De como atravessar sem precisar suar em gotas sofridas.
 
Sabendo que a dor, cicatrizes estampam conhecimento,
Busco atento nas areias,
A parte mim que se arrasta em sonhos,
Que se nega a correr pelo deserto para a paz.
 
Deixar de sonhar,
Correr dentre pesadelos,
Até chegar além do horizonte.
Com todas as feridas de uma jornada em deserto,
Até encontrar a paz,
Abandonar pesadelos,
E viver o sonho de minha riqueza.